terça-feira, 31 de outubro de 2006

Reflectes-me a verdade

Reflectes-me a verdade
porque tenho os olhos cheios dela.
E não se trata de vaidade;
és apenas mais uma janela.

Nos momentos dispersos de solidão
és a minha melhor companhia;
entretenho-me a procurar-te, em vão,
porque não és mais do que eu seria.

Olho para o céu, procuro a rua;
espero que neve, espero pela chuva.
Mas nos espelhos não há lua
há apenas, por mais que chova, a minha face difusa.

4 comentários:

mariana disse...

gostei!!
Continua a escrever susanita!!
beijossss

ariadne II disse...

quem escreve assim tem muito dentro dela =)

Como diria o shakespeare, "uma coisa bela persuade por si mesma". A tua escrita persuade pela simplicidade.

Continua! =)

susie*

Pires disse...

Very nice indeed!
Gostei imenso da parte "entretenho-me a procurar-te, em vão, / porque não és mais do que eu seria." x)

**

HoneyWitch disse...

lindo...fikei surpreendida pela positiva! =D